Meu caminho até a cadeira nº 1: Um livro que conta a trajetória de uma grande CEO

Lançado pela Globo Livros, no começo de março, Meu caminho até a cadeira nº 1, conta a trajetória de vida, da talvez, a principal CEO negra, do Brasil: Rachel Maia. Com essa autobiografia, ela diz querer inspirar outras pessoas.

Nascida na Vila Jordanópolis, bairro periférico da zona sul da capital paulista, Rachel Maia, 50 anos, é um desses exemplos que merece destaque, especialmente por ser mulher preta, com personalidade própria (o que por si só, já é digno de reverência), mas também, por ocupar a função de líder em grandes multinacionais, num mercado de trabalho machista, onde os cargos administrativos ainda são, ocupados predominantemente por homens brancos.

O caminho para a quebra desse paradigma e as estratégias para empoderar outras pessoas, é o que ela busca mostrar no livro.

Na obra, escrita em parceria com a Globo Livros, conto a minha história de vida como uma mulher, negra e periférica até a posição de presidente em importantes empresas globais, como Tiffany & Co., Pandora e Lacoste. Estou extremamente orgulhosa e feliz por ter a honra de compartilhar com vocês“, escreveu ela, em sua conta no Instagram.

Em recente entrevista (confira o áudio abaixo) ao programa Estúdio CBN, da Rádio CBN São Paulo, para falar sobre o livro, Maia afirmou que a decisão de escrevê-lo, foi para mostrar que, pessoas simples, também podem chegar ao topo da pirâmide administrativa em uma empresa. Para isso, basta abrir a mente e apresentar o seu diferencial, para o além do ciculo habitual de sua convivência.

Eu quero aguçar, sim, sendo uma mulher preta, periférica. Mas aguçar outros tantos pretos, periféricos e não pretos, a ousar”, disse ela em determinado momento do bate papo na rádio.

Confira a entrevista à CBN…

Crédito das Imagens: Reprodução Divulgação

Deixe um Comentário (digite abaixo)

%d blogueiros gostam disto: