Bahia: UFRB e outras instituições desenvolvem respirador artificial para o SUS

Na luta contra o Covid-19, a UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia), através do Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade, numa parceria com a FESF-tech, (Fundação Estadual Saúde da Família – Ciência, Tecnologia e Inovação), IFBA (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia) e a Unopar Candeias, estão desenvolvendo um respirador artificial de baixo custo, adaptado ao AMBU (Artificial Manual Breathing Unit). Numa tradução livre, Unidade Manual de Respiração Artificial, ou Reanimador Manual.

A informação é do portal da universidade. O aparelho, com previsão para ficar pronto em setembro, será disponibilizado para o SUS (Sistema Único de Saúde). Segundo a postagem, o projeto foi financiado pela Embaixada dos EUA e está dividido em três etapas: sistema de automação, ensaios laboratoriais e protótipo.

A iniciativa está em fase adiantada de desenvolvimento e tem previsão de ser disponibilizado ao Sistema Único de Saúde (SUS) após os ajustes do sistema eletrônico e ensaios laboratoriais já em meados de setembro“, diz o post.

O coordenador do projeto, professor Fábio Lora, destacou a importância do Centro de Ciência e Tecnologia da Universidade e o impacto social desse trabalho que está sendo desenvolvido pela força-tarefa. “Essa parceria apresenta o CETENS como um centro de tecnologia e inovação para desenvolvimento de projetos em engenharias com impacto social, retornando à comunidade as competências oriundas do corpo técnico especializado“.

Por outro lado, também foi abordado o papel da FESF-tech nesse processo e a busca por parcerias para o enfrentamento ao Covid-19, “enquanto instituição do SUS da Bahia, seguimos nossa missão de trazer sempre soluções inovadoras para a saúde. Em articulação com universidades e parceiros, contribuímos com a pesquisa aplicada destinada ao enfrentamento à Covid-19 e desenvolvimento tecnológico no estado Bahia“, enfatizou Alisson Sousa, diretor da instituição.

*Crédito da Imagem: Portal UFRB

Deixe um COMENTÁRIO sobre o post que você leu e ou assistiu

%d blogueiros gostam disto: